Trabalhos Aprovados

Prevalência de hepatite C e distúrbios metabólicos em ambulatório de obesidade e ambulatório de Hepatite C do hospital universitário de Salvador (Bahia)



Autor(es): Correia C; Cunha S; Pacheco SR; Nunes V; Campos MS; Araujo LM; Parana R; Schinoni MI;
Apresentador(a): LEILA MARIA BATISTA ARAUJO

Introdução: A infecção crônica pelo vírus da hepatite C (HCV) e a obesidade são condições que podem induzir distúrbios metabólicos. E a obesidade pode interferir no tratamento do HCV.
Objetivos: estudar a prevalência de hepatite C e distúrbios metabólicos nos pacientes do ambulatório de obesidade; avaliar a prevalência de obesidade e distúrbios metabólicos em pacientes com HCV.
Metodologia: estudo de corte transversal, com pacientes acompanhados nos ambulatórios de hepatite C ou obesidade. No ambulatório de hepatite C foi avaliado: glicemia em jejum, hemoglobina glicada, Fibroscan, sexo, grupo racial, índice de massa corporal (IMC) e comorbidades. No ambulatório de obesidade foi avaliada a prevalência de HCV e as demais variáveis supracitadas.
Resultados: Ambulatório de obesidade: foram avaliados 45 pacientes, com idade média de 50 (+ 12,5) anos; 84% eram mulheres; 66,7% pardos. A prevalência de hepatite C entre os obesos foi 6,7% (n=3); esses 3 casos tinham fibrose hepática leve e genótipo 1b, não possuíam diabetes mellitus (DM) ou síndrome metabólica (SM), e apenas 1 possuía esteatose hepática. As prevalências de distúrbios metabólicos nesse ambulatório foram: 40% de DM (n=18); 54,5% de SM; e 67% de esteatose hepática (por escores bioquímicos). Entre os pacientes obesos com DM, 72,2% conseguem manter a hemoglobina glicada (A1C) < 7% mesmo possuindo alta frequência de distúrbios metabólicos. A segunda amostra tinha 184 portadores de HCV do ambulatório de hepatologia, com média de idade 57 (+9,9) anos; 50,5% eram homens, 35,6% negros; 56% com grau de fibrose hepática leve e 53,5% com genótipo 1a. As prevalências dos distúrbios metabólicos nesse grupo foram: 20,2% (n=22) de obesidade, 22,3% de DM; 8,1% de SM; 28,1% de esteatose hepática. Entre os diabéticos com HCV, 54,5% não conseguem manter a A1C < 7%; mesmo possuindo menor frequência de distúrbios metabólicos em comparação com o outro grupo analisado.
Conclusão: existe alta prevalência de HCV em obesos (6,7%) quando comparada com a prevalência da população geral de Salvador (1,5%-1,8%). A prevalência de obesidade nos portadores de HCV (20,2%) é semelhante à esperada para a população geral de Salvador (19,9%). A DM e SM foi mais frequente no grupo de obesos, mas os diabéticos desse grupo apresentaram em geral valores de A1C em níveis desejáveis. Já a maioria dos pacientes diabéticos com HCV não conseguem manter a A1C em níveis desejáveis.
Financiador: Fundação Maria Emília Pedreira Freire de Carvalho.


Palavras-chave: Obesidade; Hepatite C; Comorbidade

[voltar]



Ilha de Santa Catarina

Um local repleto de encantos e povo hospitaleiro

Infraestrutura hoteleira

Não se preocupe com sua hospedagem, deixe que cuidaremos disso pra você!

Acesse e veja as opções


Fique atento
as datas principais


Local do Evento

Centro de Convenções CentroSul

Totalmente climatizado e com vista de cartão postal, está localizado estrategicamente no centro da cidade, próximo do terminal rodoviário, aeroporto e da ampla rede hoteleira composta por mais de 18 mil leitos. Disponibiliza atualmente 16.560 m² de área construída, divididos em dois pavimentos, com salas modulares para acomodar até 3.500 pessoas confortavelmente sentadas e dois salões de exposição para até 13.000 pessoas.

 

Av. Gov. Gustavo Richard, 850 - Centro, Florianópolis - SC, 88010-290

Cidade

Florianópolis

Florianópolis é como um mosaico que reúne toda a diversidade étnica e cultural de Santa Catarina. Uma cidade moderna, com excelentes serviços hoteleiros, restaurantes que servem o melhor das cozinhas nacional e internacional, infra-estrutura turística e de apoio, sendo definitivamente uma escolha essencial para a realização de importantes eventos.
O turismo é a vocação natural da Ilha, que além da inigualável beleza das praias, clima descontraído e povo hospitaleiro, possui uma cultura rica, que mesclada ao charme da arquitetura Açoriana compõe um destino ideal para todos os visitantes.


Promoção


Realização


Gerenciamento

 


Patrocinador Master

 


Expositores

 


Apoio