Trabalhos Aprovados

Desafio no diagnóstico e seguimento da acromegalia em paciente com hepatopatia: Relato de Caso



Autor(es): Massai CG; Ribeiro EB; Calestini GL; Freitas GS; Bettiol RS; Tetilla RZ;
Apresentador(a): Caroline Ghannage Massai

Apresentação do caso:
H.A.S, 61 anos, branca,procedente de Pernambuco, diabética e hipertensa, foi diagnosticada com acromegalia em julho de 2015 por fenótipo característico. Na época, apresentava GH de 3,72 ng/ml e IGF1 de 428,5 ng/ml (VR: 75-212), ressonância magnética de sela com imagem nodular de 1 cm com características de adenoma hipofisário e transaminases normais (AST: 22 U/L ALT: 23 U/L, VR: até 31). Foi submetida à cirurgia transefenoidal em novembro de 2016, sem intercorrências. Exames pós-operatórios mostravam GH: 3,37 ng/ml com níveis de IGF 1 dentro da normalidade (IGF1: 95 ng/ml ), elevação de transaminases (TGO: 242 U/L e TGP: 200 U/L), albumina e bilirrubinas normais. Foi solicitado ultrassonografia de abdome que mostrou sinais de hepatopatia crônica com hipertensão portal, dilatação discreta de vias biliares e sorologias para hepatites as quais estavam todas negativas. A paciente foi encaminhada a gastroenterologia para complementar investigação e a principal suspeita da especialidade é de que a paciente tenha hipertensão portal secundária a esplenectomia que realizou na infância por esquistossomose.
Discussão:
O melhor teste laboratorial para diagnóstico e acompanhamento da acromegalia é o IGF1 por refletir a secreção de GH com menor interferência do horário do dia, do sono,do exercício e da alimentação. A maioria das ações promotoras de crescimento do GH é mediada pela ação do IGF1 e o fígado é o principal órgão responsável pela síntese do IGF1 encontrado na circulação sangúineo. Visto que nossa paciente apresenta indícios laboratoriais e imaginológicos de hepatopatia crônica, consideramos a possibilidade de que o IGF1 normal seja secundário a doença hepática.
Comentários finais:
Existem várias condições associadas a concentrações séricas de IGF-1 mais baixas na acromegalia, incluindo hipotireoidismo, desnutrição, diabetes tipo 1 mal controlado, insuficiência hepática, insuficiência renal e uso oral de estrogênio. Nestas situações, é possível que o diagnóstico de acromegalia possa ser perdido, e um teste oral de tolerância à glicose também deve ser realizado se houver suspeita do distúrbio e no seguimento.





Palavras-chave: Acromegalia ; Hepatopatia ; IGF1

[voltar]



Ilha de Santa Catarina

Um local repleto de encantos e povo hospitaleiro

Infraestrutura hoteleira

Não se preocupe com sua hospedagem, deixe que cuidaremos disso pra você!

Acesse e veja as opções


Fique atento
as datas principais


Local do Evento

Centro de Convenções CentroSul

Totalmente climatizado e com vista de cartão postal, está localizado estrategicamente no centro da cidade, próximo do terminal rodoviário, aeroporto e da ampla rede hoteleira composta por mais de 18 mil leitos. Disponibiliza atualmente 16.560 m² de área construída, divididos em dois pavimentos, com salas modulares para acomodar até 3.500 pessoas confortavelmente sentadas e dois salões de exposição para até 13.000 pessoas.

 

Av. Gov. Gustavo Richard, 850 - Centro, Florianópolis - SC, 88010-290

Cidade

Florianópolis

Florianópolis é como um mosaico que reúne toda a diversidade étnica e cultural de Santa Catarina. Uma cidade moderna, com excelentes serviços hoteleiros, restaurantes que servem o melhor das cozinhas nacional e internacional, infra-estrutura turística e de apoio, sendo definitivamente uma escolha essencial para a realização de importantes eventos.
O turismo é a vocação natural da Ilha, que além da inigualável beleza das praias, clima descontraído e povo hospitaleiro, possui uma cultura rica, que mesclada ao charme da arquitetura Açoriana compõe um destino ideal para todos os visitantes.


Promoção


Realização


Gerenciamento

 


Patrocinador Master

 


Expositores

 


Apoio