Trabalhos Aprovados

Perfil laboratorial antes e após o tratamento de pacientes com Doença de Paget Óssea atendidos em um centro de referência em Endocrinologia da Bahia



Autor(es): Gomes, JG; Andrade, VND; Bittencourt, LPO; Silva, IM; Fontana, GL; Lima, PCTM; Pereira, NB; Luna, IF; Mariano, DM; Macedo, JMS;
Apresentador(a): Joanna Garzedin Gomes

Introdução: A Doença de Paget Óssea (DPO) é uma patologia caracterizada por um osso de qualidade prejudicada resultante de excessiva reabsorção seguida de formação óssea estruturalmente desorganizada. Apresenta aumento dos marcadores de turnover ósseo, especialmente da fosfatase alcalina (FA), que representa o exame mais utilizado na prática para diagnóstico da doença. Objetivo: avaliar o perfil laboratorial antes e após o tratamento de pacientes com DPO atendidos em um centro de referência em Endocrinologia. Métodos: Estudo de caráter descritivo, observacional. Os dados foram coletados de prontuários de pacientes com diagnóstico de DPO acompanhados no departamento de metabolismo ósseo entre 2011 e 2018. Resultados: Foram avaliados 16 pacientes com DPO, observando-se média de FA de 837,4U/L antes e de 99,7U/L, após tratamento. Níveis de FA foram maiores nos indivíduos com a forma poliostótica (média de 1057,1U/L versus 178U/L), entretanto o mesmo não ocorreu com o CTX, maior na forma monostótica. Pacientes com fratura no sítio acometido pela DPO, apresentaram FA quase três vezes maior que aqueles sem fratura (1609U/L versus 580U/L). A medicação mais utilizada foi o alendronato, em mais da metade dos pacientes, seguido de zoledronato (28,5%), calcitonina e pamidronato (ambos com 7,1%). Após o tratamento houve redução de 88,1% na FA, 68,8% no CTX e 58,3% na hidroxiprolina urinária de 24 horas. Não houve mudança no cálcio sérico e a 25-OH-vitamina D teve uma discreta redução. Analisando a resposta à cada medicação, observa-se que alendronato foi o que promoveu maior queda da FA (92%) seguido do pamidronato e zoledronato, enquanto, em relação ao CTX foi o zoledronato (67,7%) seguido de alendronato. O único paciente que foi tratado com calcitonina foi por quadro de reação alérgica a alendronato. A maioria dos pacientes (73,3%) não necessitou de retratamento mas nos que realizaram, observou-se níveis de CTX maiores, porém ainda baixos (0,19ng/mL). Três dos quatro pacientes que retrataram apresentavam a forma poliostótica, e todos utilizaram o alendronato. Conclusão: A DPO cursa com marcadores bioquímicos de turnover ósseo elevados, geralmente proporcionais à quantidade e tamanho das lesões ósseas, e, a queda de seus níveis é esperada após o tratamento, o que foi constatado no presente estudo. Embora o zoledronato seja a medicação de primeira escolha, não está disponível no Sistema Único de Saúde, sendo o alendronato uma opção eficaz no tratamento.

Palavras-chave: Doença de Paget Óssea; Marcadores de turnover ósseo; Bifosfonatos

[voltar]



Ilha de Santa Catarina

Um local repleto de encantos e povo hospitaleiro

Infraestrutura hoteleira

Não se preocupe com sua hospedagem, deixe que cuidaremos disso pra você!

Acesse e veja as opções


Fique atento
as datas principais


Local do Evento

Centro de Convenções CentroSul

Totalmente climatizado e com vista de cartão postal, está localizado estrategicamente no centro da cidade, próximo do terminal rodoviário, aeroporto e da ampla rede hoteleira composta por mais de 18 mil leitos. Disponibiliza atualmente 16.560 m² de área construída, divididos em dois pavimentos, com salas modulares para acomodar até 3.500 pessoas confortavelmente sentadas e dois salões de exposição para até 13.000 pessoas.

 

Av. Gov. Gustavo Richard, 850 - Centro, Florianópolis - SC, 88010-290

Cidade

Florianópolis

Florianópolis é como um mosaico que reúne toda a diversidade étnica e cultural de Santa Catarina. Uma cidade moderna, com excelentes serviços hoteleiros, restaurantes que servem o melhor das cozinhas nacional e internacional, infra-estrutura turística e de apoio, sendo definitivamente uma escolha essencial para a realização de importantes eventos.
O turismo é a vocação natural da Ilha, que além da inigualável beleza das praias, clima descontraído e povo hospitaleiro, possui uma cultura rica, que mesclada ao charme da arquitetura Açoriana compõe um destino ideal para todos os visitantes.


Promoção


Realização


Gerenciamento

 


Patrocinador Master

 


Expositores

 


Apoio