Trabalhos Aprovados

Doença de Graves com oftalmopatia após remissão de doença de Cushing



Autor(es): BONGIOLO AV; Warszawski L;
Apresentador(a): Angela Vitto Bongiolo

Apresentação do caso: Paciente feminina de 44 anos de idade, apresentou diagnóstico de doença de Cushing em 2006 devido a microadenoma hipofisário (4 mm). Realizou duas cirurgias transesfenoidal, evoluiu para cura após a segunda cirurgia e fez uso de corticoterapia até dois anos após. Cinco anos após a cirurgia, em consulta de rotina, apresentou proptose e eritema ocular, visão embaçada. Realizados exames, a paciente foi diagnosticada com Doença de Graves, sendo o valor do TRAB: 87,7 UI/L (normal até 1,75 UI/L), com hipertireoidismo e oftalmopatia, na mesma ocasião a paciente apresentava-se grávida. Realizado tratamento com medicação antitireoideana por dois anos evoluindo para eutireoidismo.
Discussão: Os glicocorticoides podem levar a um estado de imunossupressão, por inibição de citocinas pró-inflamatórias, como a interleucina - 2. Além disso, os glicorticoides interagem com fatores que influenciam na meia vida de linfócitos T e mastócitos. Por isso, a doença de Cushing, que cursa com hipercortisolismo, na sua remissão pode levar a uma disfunção imunológica, favorecendo o surgimento de doenças autoimunes, como a doença de Graves.
Comentários finais: Trata- se de uma paciente que apresentou hipertireoidismo e oftalmopatia de Graves cinco anos após a remissão da doença de Cushing, apontando para um possível distúrbio autoimune desencadeado após melhora do hipercortisolismo.




Palavras-chave: doença de Cushing; doença de Graves; autoimunidade

[voltar]



Ilha de Santa Catarina

Um local repleto de encantos e povo hospitaleiro

Infraestrutura hoteleira

Não se preocupe com sua hospedagem, deixe que cuidaremos disso pra você!

Acesse e veja as opções


Fique atento
as datas principais


Local do Evento

Centro de Convenções CentroSul

Totalmente climatizado e com vista de cartão postal, está localizado estrategicamente no centro da cidade, próximo do terminal rodoviário, aeroporto e da ampla rede hoteleira composta por mais de 18 mil leitos. Disponibiliza atualmente 16.560 m² de área construída, divididos em dois pavimentos, com salas modulares para acomodar até 3.500 pessoas confortavelmente sentadas e dois salões de exposição para até 13.000 pessoas.

 

Av. Gov. Gustavo Richard, 850 - Centro, Florianópolis - SC, 88010-290

Cidade

Florianópolis

Florianópolis é como um mosaico que reúne toda a diversidade étnica e cultural de Santa Catarina. Uma cidade moderna, com excelentes serviços hoteleiros, restaurantes que servem o melhor das cozinhas nacional e internacional, infra-estrutura turística e de apoio, sendo definitivamente uma escolha essencial para a realização de importantes eventos.
O turismo é a vocação natural da Ilha, que além da inigualável beleza das praias, clima descontraído e povo hospitaleiro, possui uma cultura rica, que mesclada ao charme da arquitetura Açoriana compõe um destino ideal para todos os visitantes.


Promoção


Realização


Gerenciamento

 


Patrocinador Master

 


Expositores

 


Apoio